Seja Bem-vindo

Atendimento : Segunda a Sexta feira - 07:30h às 18h
  Contato : 62 3093.7804 / 3093.7806

Colesterol Alto

Colesterol Alto

Colesterol alto merece atençãoTodos os anos, no Dia Nacional de Combate ao Colesterol, 8 de agosto, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) promove campanhas educativas em todo o país, alertando para a importância da adoção de hábitos alimentares saudáveis, da prática de atividades físicas, do abandono do tabaco e do controle de problemas como diabetes e hipertensão arterial. O grande objetivo é reduzir o número de vítimas de doenças como aterosclerose e infarto do miocárdio. A seguir, confira informações relevantes sobre o assunto, com o cardiologista do Hospital Santa Helena Dr. Arnaldo Lemos PortoO que é colesterol?É um tipo de gordura que circula em nosso sangue. As gorduras ingeridas nos alimentos podem circular após serem absorvidas em diferentes formas. Algumas delas podem, com o passar dos anos, causar obstruções nos vasos, levando ao aparecimento de doenças graves, como infarto, derrame e trombose. Além do chamado colesterol ruim, o LDL, os triglicérides também são gorduras que podem causar problemas na saúde, como entupimento dos vasos e, ainda, pancreatite. Existe ainda o HDL, que conhecemos como colesterol bom, que é capaz de desobstruir os vasos e ajuda a evitar as doenças graves que mencionamos acima.Existem sintomas que alertam para as alterações destas taxas?Geralmente estas taxas elevadas, classificadas como dislipidemias, não provocam o aparecimento de sintomas, até o momento em que ocorre o infarto, o derrame, a insuficiência renal, a trombose ou outra complicação relacionada à elevação crônica destas substâncias no sangue. Nos casos de alterações familiares, podem aparecer depósitos de gordura ao redor dos olhos, dos cotovelos ou de outras regiões do corpo.O problema pode atingir crianças?Sim. Existem algumas doenças genéticas, ou hereditárias, que levam a alterações graves no colesterol e nos triglicérides, que aparecem desde a infância e, por isso, podem causar problemas muito cedo, como infarto na adolescência. A suspeita deve ser levantada em filhos de indivíduos que tenham diagnóstico de dislipidemias familiares. Estas crianças devem ser submetidas a exames de sangue, o mais cedo possível.Como podemos controlar as alterações destas taxas?Hoje temos medicamentos altamente eficazes para o controle da elevação do colesterol e das triglicérides. O uso correto destes produtos, com orientação médica, pode prevenir o aparecimento de doenças graves e ajudar no tratamento delas. Além disso, a dieta correta, associada à prática regular de exercícios físicos e à manutenção de um peso equilibrado, leva ao controle destas doenças.Qual a alimentação mais indicada para esse controle?Devemos procurar ingerir legumes, frutas, verduras e alimentos ricos em fibra, sempre na quantidade suficiente para manter o peso sob controle. Por outro lado, precisamos evitar alimentos ricos em gorduras saturadas, como laticínios integrais (creme de leite, manteiga de leite, queijo amarelo), carne vermelha e muito gordurosa, embutidos, bacon, torresmo, frituras em geral e banha de porco.Dr. Arnaldo Lemos Porto – CRM 4643Diretor Clínico do Hospital Santa Helena – Goiânia – GO